sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Baianidade

Férias. Como precisava de férias! Passou todo o mês de junho acompanhando a passagem do tempo pelo calendário. Ao final de cada dia, um “x” a mais naquela folhinha. Pensou que não conseguiria suportar a espera: dia 4 de julho estava longe demais.

Agosto. Como o tempo havia passado rápido! Assim como não viu dia 4 chegar – e passar – não teve tempo de sentir, com a vagareza merecida pelas circunstâncias, todos os detalhes do mês de julho. E agora, já de volta a sua rotina habitual, que apesar do habitual, nada se parecia com a anterior, tentava reorganizar os pensamentos, para que, em vão, pudesse reorganizar a si mesma. Ela percebia algo diferente em seu modo de falar, em sua relação com o próximo e até na própria tolerância consigo.

De frente para o espelho, podia notar novos gestos e um brilho no olhar com outras perspectivas e desejos. Surpreendia-se olhando para a própria barriga, grande, que também era nova! Mas logo desviava a atenção para as mãos, para os pés e era inevitável encontrar seu próprio olhar. Tudo muito recente. Precisava escrever. Um mês indo à praia, muito sol e forró na cabeça, um pouco de axé, Itaúnas, Conceição, Salvador, Pelourinho, Guarajuba. Tudo muito bom, meu Deus. Tudo contribuindo para a sua “baianidade” e, agora, as palavras não vinham mais. Nada é perfeito. “E ainda bem”, pensava ela, “que as férias não duram para sempre”.

4 comentários:

Elga Arantes disse...

Ainda bem mesmo. Senão ficaríamos sem seus pensamentos.

Que inveja dessas férias suas...um dia chego lá!

Beijos.

Leonardo disse...

É incrível como não conhecemos as pessoas..... e pelo blog de voces percebi que realmente eu não as conhecia. :D

Que idéia magnífica. Elogio o blog e agradeço a idéia. Hehe.

Continuem postando. Realmente está muito bom! A vocês, tudo de bom.

Ela disse...

Elga, morri de rir com seu comentário "seus avós são fofos, mas já estava chateada de dar com a cara deles todo dia"
Viu como estou mole pra postar? Até hj não saiu mais nada

E Leonardo, muito obrigada pelo recadinho. Fiquei curiosa para saber quem é vc. Vc falou de um jeito como se nos conhecessemos.

Beijos,
Luiza

Leo disse...

Gordinha!!!,

O ócio também poder ser criativo viu!!?? Se voce quiser tomar umas aulas de "aproveitamento produtivo do ócio" é só dar um alô...kkkkk

Saudade das nossas andanças soteropolitanas!!!!!

Manda um beijo pra todos.

Beijoooooooooooooo,

Léo